Brigit, a Deusa da Luz


O primeiro dia de primavera do calendário celta gaélico se chama Imbolc. De acordo com a lenda, é quando Brigit, a Deusa celta do fogo e do sol, da fertilidade e da vida, desperta. De todas as Deusas da antiga Irlanda, Brigit é a que mais teve o culto e tradições preservadas, mesmo com o aparecimento do cristianismo, sofrendo algumas alterações e adaptações (santificada pela Igreja e conhecida como Santa Brígida), mas ainda assim, se mantendo viva até a atualidade.


Brigid e a Chama Sagrada Em sua primeira encarnação, como Breo-Saighit, ela foi chamada de Chama da Irlanda, Flecha de Fogo. Ela também era uma deusa da forja, refletindo sobre seu aspecto de fogo. A lenda diz que, quando ela nasceu, uma torre de chamas se estendia do topo da cabeça até o céu. Há rumores de que seu nascimento, que ocorreu ao nascer do sol, deu à casa da família a aparência de estar pegando fogo. Os Brudin, um lugar de caldeirão mágico e fogos perpétuos, desapareceram quando o cristianismo tomou conta. "Estar nos Brudins" agora significa "estar entre fadas".


O santuário de Brigid em Kildare esteve ativo até o século XVIII, que foi fechado pela monarquia, quando Henrique XVIII suprimiu os mosteiros com o protestantismo. Originalmente a brigada era cuidada por dezenove virgens. Quando a Brigida Pagã foi santificada, os cuidados de seu santuário passaram para as freiras católicas. O fogo foi extinto uma vez no século XIII pela monarquia.

Após muitos anos, a irmã Mary Minchin, freira brigada de Kildaire acendeu a chama em 2 de fevereiro de 1996 e a intenção é mantê-la acesa perpetuamente mais uma vez.


Dizem que eles cantaram essa música até o século 18: "Noiva, excelente mulher, chama repentina, que o sol brilhante e ardente leve-nos ao reino duradouro ".


Em um antigo texto irlandês chamado Giraldus Cambrensis, Brigit e dezenove de suas virgens se revezavam em guardar um fogo sagrado que queimava perpetuamente e era cercado por uma cerca na qual nenhum homem poderia entrar. Nisso, Brigid é como a versão gaulesa de 'Minerva'. No santuário de Minerva, na Grã-Bretanha, também havia uma chama perpétua.

De acordo com o antigo texto "The book of Dunn Cow", o número sagrado de Brigit era 19, representando os 19 ciclos do ano no Grande Ano Celta. O tempo que levou de uma lua nova para a próxima coincidiu com o solstício de inverno, mas acreditava-se que, no vigésimo dia de cada ciclo, a própria Brigid cuidaria da chama.

Foi dito, durante o tempo da conquista normanda, que, embora o fogo sagrado tenha sido alimentado por muito tempo com a madeira sagrada do espinheiro (Crataegus monogyna), "ainda assim as cinzas nunca aumentaram".


Brigid e os poços sagrados Em um ritual druídico, Brigid é homenageada com um poço central contendo velas. Era comum antigamente vestir o poço com flores e verdura. Muitas vezes, moedas e outros objetos de prata eram oferecidos ao poço. Muitos dos poços sagrados de Brigid ainda existem, alguns sagrados para ela por milhares de anos. Dizia-se que suas águas curavam todos os tipos de doenças.


Brigid e a terra sagrada

Em Imbolc, na Irlanda, eles fazem a Cruz da Noiva. A cruz de Brigit é geralmente de três pernas; em outras palavras, um triskele, que foi identificado como um antigo símbolo solar. Às vezes também é feita como uma cruz armada de junco. Os ritos de noiva foram preservados até hoje pelas mulheres das Hébridas Exteriores. Em La Fheill Brighid, as mulheres se reúnem e fazem uma imagem da Deusa como Donzela. Eles a vestem de branco e colocam um cristal sobre o coração e a colocam em uma cesta do tipo berço. A noiva é convidada a entrar na casa pela chefe feminina da casa, com cânticos sagrados e cânticos

0 visualização

ENVIO VIA EMPRESA CORREIOS e JADLOG LOGÍSTICA

POSTAGEM EM ATÉ DOIS DIAS ÚTEIS, APÓS CONFIRMAÇÃO DO PAGAMENTO. 

22111039333475_edited.jpg
  • Facebook Clean
  • White Instagram Icon
  • Pinterest Clean

ATENDIMENTO AO CLIENTE:

 (21) 98523-0016

PRAZO DE ENTREGA CONFORME TABELA DA EMPRESA CONTRATADA.

 JEWEL OF THE CRAFT  - CNPJ: 36.696.758/0001-53

Rua Diva Garcia, 1361. Juiz de Fora - MG / CEP 36060-300

© 2020 por JCraft. -  JEWEL OF THE CRAFT Ltda.